sexta-feira, 28 de dezembro de 2007

ics

I. se foi
e esqueceu

de me dar um último beijo
de me contar as expectativas que tinha
quando construiu a casa em que viveu
de me cantar os seus sonhos perdidos
de me contar a vida
de me cantar o que lhe fazia feliz
de me contar sobre o tempo

mas se foi cantando poesia
sobre amor

e estranhamente está sempre
do meu lado
cantando poesia
sobre a vida

na sua mudez nos amamos
mesmo sem explicações.

Nenhum comentário: