sexta-feira, 28 de dezembro de 2007

quitana.

"Mas, afinal, para que interpretar um poema? Um poema já é uma interpretação."

"Mas se a vida é tão curta como dizes
por que é que me estás lendo até agora?"



Nenhum comentário: