sexta-feira, 25 de janeiro de 2008

Livro das Ignorãças - Manoel de Barros

VIII

"Um girassol se apropriou de Deus: foi em Van Gogh"

Um comentário:

Bernardo Carmo disse...

Mirei mais uma vez a imagem dessa pintura indescritível e assomou-se-me que há revelações escabrosas e escandalosas nessas cores, esse amarelo persistente como uma pareidolia, essa obra hipnotiza. Recomendo a leitura de Artaud acerca de Van Gogh, especificamente ao questionar a louucura ¨da esquizofrenia¨ de Van Gogh. Há um trecho interessantíssimo, que diz mais ou menos assim:¨não conheço um só psiquiatra que não seja um verdadeiro erotomaníaco¨. Talvez seja importante dizer que Artaud, como Van Gogh, recebeu o diagnóstico de ¨esquizofrênico¨ por psiquiatras (esse por alienistas) e alcunha de ¨louco¨ por quase todos. Gostaria de dizer que há uma grande doze de erotização no fenômeno da mais genuína incompreensão.