quinta-feira, 13 de março de 2008

primo basílio, de daniel filho

é muito ruim ver uma obra como "o primo basílio" de eça de queiroz, de tão grande intensidade virar uma transposição à moda "a vida como ela é". tudo lembra o antigo seriado baseado na obra de nelson rodrigues. o ritmo, a música, a linguagem cinematográfica/televisiva, os diálogos e gírias, o adultério, até a presença de guilherme fontes lembram a novela global


daniel filho não sabe fazer cinema. sabe fazer programa com padrão globo. e é isso que o filme é uma repetição de padrões globais que tornou frágil e superficial a obra de eça. o livro é uma crítica feroz à sociedade portuguesa, o filme é mais um capítulo de "a vida como ela é".

as únicas boas cenas do filme são as cenas de sexo entre luísa (debora falabella) e basílio (fábio assunção), para ver a cena basta procurar no youtube, todo o resto do filme tem o tempo das novelas de daniel filho: efêmero.

2 comentários:

valtertonha disse...

Apoiado. Muito apoiado!

A.Pedro disse...

Primo Basílio começa ruim pela Globo. Depois, pelo poster. Aí já é breguice demais pra tentar. Me recusei:D